domingo, 15 de novembro de 2015

Anos ou meses?


As vezes a vida gosta de brincar com os acontecimentos, a famosa conhecidencia ou quer mandar uma mera mensagem. Na qual fingimos não saber, mas no fundo sabemos a resposta tão claramente que fingimos ser ignorantes ao invés de encarar o mero fato.

Onde a vida, é uma caixa enorme de surpresas e fatos surpreendentes. Quem diria que encontraríamos, inconscientemente, algum dia, um talvez amigo de infância e um atual grande amigo. Como poderíamos pensar em prever estes pequenos fatos da vida?

Na verdade, não podemos. Somente fingir acreditar nos acontecimentos e considera-los algo a mais.

Para provar esta conhecidencia ou fato, podemos verificar no passado, pensando nos amigos de infância, nas pessoas das quais já conhecemos, nas lembranças e nas fotografias tiradas de recordação.

Onde no final, concluímos que as vezes a conhecidencia é magicamente forte. Algo tão possível e impossível pode se tornar real do dia para a noite. Trazendo algumas verdades a tona e até quem eramos naqueles velhos tempos e quem aquele seu amigo era. Será que vale a pena lembrar de algo tão velho? Talvez não, quem todos somos agora é a real importância.

Realmente comecei a pensar em 2 fatos. Primeiro, na conhecidencia e segundo, talvez poderia estar nos últimos meses de escola com o meu amigo, mas poderia ser tudo completamente diferente e a convivência de sala não nos tornaria amigos, comente colegas ou poderíamos não descobrir desta feliz conhecidencia.

Algo tão mutuo em 1 ano. Tenho de parar de pensar nesta conhecidencia, para um feliz fato por acaso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...