quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Ultimo dia do ultimo ano escolar


Durante todos os anos escolares dizem que o ultimo ano é magico, incrível e inesquecível. Na sinceridade, foi um saco a quantidade de responsabilidade, pressão pessoal e dava vontade de rasgar todos aqueles posteres de faculdade por todo o lado da sala. Por parte das notas, não liguei para estes números o ano inteiro e passei. No ultimo ano, se estiver estudando para o vestibular as notas correspondem ao seu estudo.

O mais importe e mais triste é não ver mais algumas pessoas, perder contato e sentir saudades por não encontrar cada um no dia seguinte. Os amigos, os colegas e os professores fazem você acordar de manha e ter vontade de ir a aula. Mesmo quando há 4 provas no mesmo dia. As pessoas marcam momentos, nos ensinam e fazem o dia ficar bonito quando esta nublado (algo cotidiano em SP kk). Se for para sentir saudades da escola daqui há algum tempo será das piadas da sala, dos minutos que contava para ver as meninas no recreio, dos debates prolongados, das revoluções internas, da curiosidade de conhecer todo o mundo e saber de tudo em apenas um dia como se tudo fosse acabar se não vivêssemos aquele momento.

Conheci uma turma diferente, que questiona os julgamentos e acolhe os diferentes. São autênticos, revoltados com a ordem das coisas (sistema), adoram um shortinho, com quem conheci a ilha das flores e cada um tinha seus sonhos e questionamentos. Conheci mulheres tão jovens, tão interessantes, que ouviam Coreano e funk, conversavam sobre tudo em menos de 20 minutos e abraçam de um modo que não tem como largar (espero conseguir viver muitos momentos como os que vivemos fora da escola). Gostaria de dizer para cada uma o quanto gosto delas e como elas conseguiram parar o mundo inteiro até o tempo. Conheci uma mulher ainda menina que não se encaixava em nenhum destes grupos, a mais jovem de todas, mas com uma maturidade e objetivos que fiquei impressionada.

As vezes gosto de fugir, por medo e ser um pouco estranha. Ninguém intenderia, nem eu intendo na verdade, mas as vezes ficar 20 minutos no banheiro, ouvir as 5 musicas mais depressivas do celular e conhecer algo novo são o motivo das pequenas fugas. As vezes fica difícil encarar as responsabilidades, a expectativa e os sentimentos. Todo mundo sente, as vezes da vontade de contar todas as historias da sua vida, vontade de gritar todos os sentimentos e na maior parte das vezes de sumir. Se fosse fácil ser jovem não teríamos a palavra rebeldia ouvida tantas vezes. Ouvindo HSM hoje, bateu aquela saudades de criança e a vontade de voltar aos 10 anos, quando não havia preocupação, mas não consigo mais me ver sem ter 18 anos.

Durante este ano, alguns amigos contaram do "branco de janeiro", como intitularam, uma fase onde não há vontade de fazer nada, não tem escola, não tem nada pronto e mesmo assim temos que seguir com a vida. Como se fosse um passo de cada vez. O pior branco de todos, quando nos questionamos, limpamos todo o quanto, damos varias sacolas daquilo que algum dia fazia todo o sentido do mundo e crescemos. Durante estes dias, sentei e repensei, conclui que nada daquilo que dava tanta angustia há 2 anos atras importa mais e pela primeira vez estou pronta para seguir em frente, mas com amigos que conheci durante toda uma vida e lembras tão magicas que seria necessário escrever uma enciclopédia.

Obrigada por todos os anos, sentirei saudades < 3

3 comentários:

  1. Você me resumiu, me sinto assim tambem,mas a vida continua neh!! :j

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, bom saber que não sou a unica, acontece e passaremos por isso outras vezes na vida infelizmente. Bom é guardar os momentos e manter contato com os colegas

      Excluir
    2. Sim, isso mesmo, a proposito seu blog é ótimo :D

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...